Entrevista a Pedro Lourenço Pereira

15-03-2016 21:10

O CEO da Youbiz, Pedro Lourenço Pereira, explica como desenvolveu a empresa que actua no ramo das telecomunicações. O jovem que frequentou Direito, mas formou-se em Gestão de Marketing, explica ao OLHAR DIREITO os riscos e vantagens de ter optado pela vida empresarial

 

"Em Portugal temos know-how para desenvolver projectos inovadores e diferenciadores"

 

Como nasceu a YouBIZ?

A YouBIZ foi criada em Fevereiro de 2009, fez no mês passado 7 anos. A Empresa desenvolveu um sistema comercial de promoção dos cartões pré-pagos da NOS para telemóvel. Toda atividade é suportada por uma plataforma na internet, onde cada colaborador acompanha em tempo real a sua atividade comercial. Atualmente a empresa oferece soluções de tarifários nacionais e internacionais e conta com mais de 12 mil colaboradores em todo o território nacional.

Quais as vantagens dos produtos que promovem?

Na área do turismo e estrangeiros promovemos o tarifário Mundo, que atualmente é o mais competitivo do mercado nas ligações para o Brasil, Angola, Cabo Verde, Ucrânia e China, existe igualmente a possibilidade de utilizar a internet neste tarifário. É o nosso tarifário de referência nas chamadas para o estrangeiro.Temos igualmente soluções direcionadas para o mercado interno, o Livres e o Tudo que possibilita ao cliente efetuar chamadas a baixo custo em território nacional.

Qual é o vosso público-alvo?

Temos dois tipos públicos-alvo em função do produto. Para o tarifário Mundo, turistas e estrangeiros residentes em Portugal. Nos tarifários Tudo e Livres, qualquer residente em Portugal que tenha necessidade de efetuar chamadas e utilizar internet no telefone a baixo custo.

Que dificuldades têm tido?

O mercado das telecomunicações em Portugal é bastante competitivo, apostamos permanentemente na inovação e isso tem-se traduzido em bons resultados.Vamos continuar a trabalhar diariamente para continuar a crescer.

O telefone fixo ainda é útil?

A aposta no telefone fixo depende das áreas de negócio ou necessidades. As empresas necessitam de soluções fixas de telefone, quanto aos particulares depende um pouco do contexto do cidadão, os jovens sentem menos necessidade quando comparamos com gerações mais velhas.

Quais os projetos para o futuro?

Queremos lançar a HotSpot Rent até ao final de Abril, que vai permitir que qualquer turista que visita Portugal utilize um HotsPot 4G de internet a um preço bastante reduzido.

Quando começaste a perceber que querias ser empresário?

Penso que fui um pouco influenciado desde novo pelo exemplo familiar, tanto meu avô materno como o paterno eram empresários e desde muito novo que me lembro de ter curiosidade, o facto de ter começado a trabalhar com 18 anos, fez com que naturalmente aos 30 anos já tivesse o mínimo de experiência que possibilitou avançar pela via empresarial.  

Como tem sido o dia-a-dia?

O processo da superação envolve trabalho, disciplina, método e objectivos.Só desta forma empresas pequenas como é o caso da YouBIZ tem oportunidade de vingar no mercado, se paramos somos engolidos, se inovarmos podemos liderar.

A nossa geração deveria arriscar mais?

Em Portugal temos know-how para desenvolver projetos inovadores e diferenciadores, conheço muitos exemplos de jovens empresários que vingam no mercado global. As pessoas que têm sucesso normalmente arriscam e acreditam em si, nas suas ideias e procuram insistentemente e persistentemente a implementação dos projectos, não desistem.Um negocio correr mal no Mundo empresarial é a coisa mais natural do Mundo, não conheço ninguém que ao aprender a andar de bicicleta nunca tenha caído, mas assim como no caso da bicicleta, nos negócios também há que levantar e continuar a pedalar até ganhar o equilíbrio e continuar estrada fora.

Contactos

Interview Request Olhardireitomedia@gmail.com