Entrevista a Madalena Botelho de Sousa

17-08-2016 11:33

 

A cantora Madalena Botelho de Sousa explica a opção por ter arriscado uma carreira no Jazz. Uma entrevista ao OLHAR DIREITO em que também aborda alguns aspectos relevantes da profissão, como a ligação com o público e os locais onde gosta mais de cantar. 

 

"Gosto de fazer uma ligação do início ao fim com público, através de palavras improvisadas"

 

Como nasceu o gosto pela música?

Cresci numa casa em que se ouvia boa música. Aos 6 anos os meus pais ofereceram-me um órgão. Também me inspirei pelas músicas da Disney. Há 3 anos resolvi arriscar porque senti que não estava a dedicar tempo à minha paixão e não queria ficar arrependida por nunca ter tentado a música.

Por que razão escolheu o Jazz?

A opção pelo Jazz baseou-se apenas na minha paixão. O Jazz, Soul e Blues são os estilos de que gosto mais de cantar e ouvir. O meu estilo musical está virado para uma elite.

Quais são as desvantagens de tocar Jazz em Portugal?

A falta de divulgação porque as pessoas não estão habituadas a ouvir Jazz, além da distribuição de recursos não ser adequada.

E os benefícios?

Trabalhar com grandes músicos e pessoas extraordinárias.

Qual é a mensagem que pretende transmitir?

A maioria das músicas que escolho é dos anos 30 e 40 que falam sobre o amor nas várias vertentes. Seja de um casal ou a amizade que uma pessoa transmite para outra.

Como é a relação com o público?

Os meus concertos têm cariz intimista por causa do estilo de música. Gosto de fazer uma ligação do início ao fim com o público, através de palavras improvisadas. As pessoas respondem bem, mas não costumo pensar nas palmas.

Em que locais costuma tocar?

Em Cascais gostei de tocar no Hotel Oitavos, no Farol Hotel Design, e em Lisboa também aprecio o Jardim das Amoreiras. Apesar de ter tocado em Copenhaga, tenho vontade de explorar alguns sítios no estrangeiro. Os locais onde canto são sobretudo particulares.

Tem algum ritual?

Não tenho qualquer ritual, mas antes do concerto é fundamental ter tempo para relaxar.

Contactos

Interview Request Olhardireitomedia@gmail.com